Alencar descarta mais uma vez intervenção na Varig

O vice-presidente da República José Alencar voltou a descartar hoje a possibilidade de o governo federal vir a intervir na Varig. "Governo não faz negócio. O governo só aplaude os bons negócios, principalmente se atendem ao interesse nacional", disse em visita a um centro do exército onde vem sendo desenvolvido o programa soldado-cidadão.A Varig, segundo Alencar, tem todas as condições de se enquadrar na nova lei de falências e garantir os benefícios legais. Ele lembrou que a empresa já contratou as consultorias do Unibanco e da Trevisan, justamente com o intuito de alcançar o enquadramento na nova lei de falências.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.