Alertas de resultados e petróleo derrubam ações na Europa

A maioria das ações européias fechou emqueda nesta sexta-feira, após alertas do Carrefour e dafabricante de celulares Sony Ericsson assustarem osinvestidores e se somarem às preocupações com o preço dopetróleo. De acordo com dados preliminares, o FTSEurofirst 300 caiu0,43 por cento, para 1.191 pontos, após sessão volátil. Nasemana, o índice acumulou baixa de 2,5 por cento. A Sony Ericsson alertou que não terá lucro no segundotrimestre devido à fraca demanda por seus celulares mais caros.As ações da companhia caíram 7,6 por cento e as da rival Nokiacederam 4,5 por cento. As ações do Carrefour perderam 7,8 por cento, atingindo omenor nível em mais de três anos, após o segundo maiorvarejista do mundo divulgar um alerta sobre resultados. "Continuo muito pessimista sobre as ações, mesmo nos atuaispreços", disse Christian Jimenez, presidente da IMENEInvestment Partners. "Nós estamos vendo os varejistas sendocastigados à medida que o bolso dos consumidores é afetadopelos altos preços do petróleo. Eles gastam mais nas bombas degasolina e ficam com menos dinheiro para gastar." Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,21por cento, a 5.529 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 0,58 por cento, para6.421 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,65 por cento, para 4.397pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou com desvalorização de0,45 por cento, a 22.628 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou leve alta de 0,1 porcento, aos 12.089 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve perdas de 2,45 por cento, a9.004 pontos. (Reportagem de Blaise Robinson)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.