Algodão ignora outras commodities e dispara

Os contratos de algodão negociados em Nova York ignoraram a direção de outras commodities e registraram forte valorização ontem. Posição com maior liquidez na ICE Futures US, o futuro para março fechou em alta de 3,6%, cotado a 48,93 cents/lb. As cotações foram impulsionadas por compras de empresas comerciais, que foram seguidas por especuladores. Fundamentos altistas, como a previsão de queda no plantio da próxima safra nos EUA e na China, e indicadores técnicos estimularam o movimento.

, O Estadao de S.Paulo

23 de janeiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.