Algodão tem a maior cotação em sete meses

Os preços do algodão atingiram ontem o nível mais alto desde 6 de outubro na ICE Futures US, em Nova York, puxados por compras de especuladores. O contrato mais negociado, com vencimento em julho, fechou o pregão cotado a 58,88 cents/lb, com ganho de 1,22%. O algodão já subiu mais de 23% nos últimos 30 dias, acompanhando a recuperação do petróleo e das bolsas de valores, diante do otimismo em relação ao futuro da economia e da demanda. As incertezas acerca do plantio nos EUA também dão suporte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.