Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Algumas medidas para economizar energia

Com algumas medidas simples é possível reduzir o consumo de energia elétrica dentro de casa. Segundo o consultor do setor de energia, Ricardo da Silva David, na região Sudeste, com a queda da temperatura já há uma redução importante do consumo: os equipamentos de ar-condicionado deixam de ser usados. Segundo dados do Programa de Conservação de Energia Elétrica (Procel), se o ar-condicionado e o computador deixarem de ser usados durante uma hora, há um ganho de R$ 16,50 na conta de luz de uma residência.Uma dica importante é reduzir o tempo no chuveiro, já que o equipamento é considerado o vilão do consumo, juntamente com freezers e geladeiras. "Quando a temperatura estiver alta, vale a pena manter o chuveiro elétrico com a chave na posição verão. Há uma economia de 30% em relação ao uso com a chave na posição inverno, que deixa a água mais quente", explica Victor de Souza Villa Verde, chefe da Divisão de Desenvolvimento de Projetos do Procel.Quando o consumo diário do chuveiro é reduzido em cinco minutos, há um ganho de R$ 3,05 na conta no fim do mês. Se a chave do aparelho estiver em verão, a economia pode ser de quase R$ 4 em um mês. Em relação à geladeira, os técnicos lembram que vale a pena evitar abrir a porta a toda hora para evitar o aumento do gasto de energia. Para tevês, os especialistas destacam o uso do timer para evitar dormir em frente ao equipamento ligado. Na hora de passar roupa, quanto mais roupa estiver para ser passada junta melhor. "Evite ligar o ferro de passar para desamassar uma só peça", diz Villa Verde. Ele dá ainda outra dica: assim que ligar o ferro, passe as peças mais delicadas, que exigem quantidade menor de calor. Só depois comece a passar as peças mais pesadas.Veja mais dicas no link abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.