Alguns bancos reduzem os juros

Em conseqüência da decisão do governo de reduzir a taxa básica de juros - Selic - de 18,5% para 17,5% ao ano, a Caixa Econômica Federal deve anunciar na semana que vem a queda das taxas de algumas operações de crédito pessoal e de algumas linhas do cheque especial. Atualmente as operações de crédito pessoal parcelado são de 4,90% ao mês e ainda não existe um patamar definido para a redução. A queda para os juros do cheque especial da Caixa, garantidos com recursos aplicados em caderneta de poupança, já está decidida: de 3% para 2% ao mês. Porém, no cheque especial, ainda não há decisão sobre uma possível redução. O superintendente executivo da área comercial do Banco do Brasil (BB), Edson Monteiro, disse que a instituição também deverá reduzir os juros de suas operações de crédito para pessoa jurídica nos próximos dias. Segundo ele, a tendência é de que haja um ajuste fino das taxas em função da decisão do governo de reduzir a Selic.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.