Aliança nos EUA tentará evitar ações de despejo

O secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, afirmou que os agentes financeiros do mercado imobiliário estão se reunindo para ajudar os proprietários de imóveis residenciais em dificuldade a refinanciarem suas dívidas. Paulson anunciou a formação de uma aliança, que inclui fornecedores de serviços hipotecários que administram 60% dos empréstimos residenciais do país, juntamente com grupos da indústria da construção e assessorias imobiliárias."Execuções são dolorosas não só para as famílias, mas também para os bairros, para os fornecedores de serviços imobiliários e para a economia em geral", disse Paulson. Segundo ele, a aliança mostra que o setor de financiamentos da casa própria está "intensificando os esforços para prevenir (execuções) para o máximo de famílias possível".A formação da aliança é parte da iniciativa lançada pelo presidente norte-americano, George W. Bush, no mês passado, para ajudar os proprietários de imóveis em dificuldades. Paulson disse que a aliança, que se chamará "Esperança Agora", tem apoio bipartidário, e disse que vai continuar a trabalhar a questão no Congresso. O secretário reconheceu que ainda há muito trabalho a ser feito e que a aliança não é a única solução. As informações são da Dow Jones.

CAROLINA RUHMAN, Agencia Estado

10 de outubro de 2007 | 12h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.