Alimentos barateiam 1,42% na porta de fábrica, diz IBGE

Os alimentos ficaram mais baratos na porta de fábrica pela terceira vez no ano, segundo dados do Índice de Preços ao Produtor (IPP) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira, 28. A atividade de produtos alimentícios teve queda de 0,40% nos preços em abril, após já ter recuado 0,06% em março. A exceção entre os resultados do ano foi fevereiro, quando os preços subiram 0,56%.

DANIELA AMORIM, Agencia Estado

28 de maio de 2014 | 10h05

Como resultado, os alimentos já estão 1,42% mais baratos na porta de fábrica nos primeiros quatro meses de 2014. No entanto, a atividade ainda registra aumento de 10,90% em relação a abril de do ano passado.

Na passagem de março para abril, o óleo de soja refinado ainda teve impacto de alta, mas o aumento do produto foi compensado por recuos nos preços de resíduos da extração de soja, sucos concentrados de laranja e açúcar cristal.

Tudo o que sabemos sobre:
produtorpreçosIBGEabrilalimentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.