Alimentos ocupam a liderança no setor industrial

Os produtos alimentícios ganharam a liderança no ranking dos setores industriais mais importantes do País, segundo a Pesquisa Industrial Anual de 2010, do IBGE. Os resultados mostram o impacto dos incentivos ao consumo doméstico e do aumento do preço das commodities no mercado externo.

O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2012 | 03h08

A fabricação de produtos alimentícios ocupou a liderança entre as atividades industriais, com uma fatia de 12,1% do valor adicionado da indústria geral, que foi de R$ 602,613 bilhões. Desde 2007, quando o IBGE começou a divulgar o valor adicionado, o setor de fabricação de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis encabeçava a lista. Em 2010, a atividade teve sua participação reduzida a 11,3%, para o segundo lugar.

A terceira colocação ficou com o setor de veículos automotores, reboques e carrocerias, responsável por 9,9% do valor adicionado da indústria, e, a quarta, com a atividade de extração de minerais metálicos, com 7,3%.

A pesquisa lista 3.215 produtos da indústria brasileira. O óleo diesel lidera em valor de venda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.