Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Alimentos pesam de novo e IGP-DI sobe 1,39% em agosto

Os dados sobre o comportamento dospreços no país em agosto mostram que os alimentos continuaram apressionar os índices de inflação, e o IGP-DI do mês, divulgadonesta quarta-feira, apenas consolidou essa evidência. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o ÍndiceGeral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) acumulou emagosto uma alta de 1,39 por cento, superando o teto dasestimativas dos analistas. Pesquisa feita pela Reuters mostrou que os economistasesperavam uma aceleração do índice, mas a mediana das projeçõescoletadas com 18 instituições indicava alta de 1,1 por cento,frente ao avanço de 0,37 por cento apurado em julho. De acordo com a FGV, o Índice de Preços por Atacado (IPA),um dos três componentes do IGP-DI, subiu 1,96 por cento no mêspassado, depois de ter registrado um ganho de 0,42 por cento emjulho. Boa parte deste aumento veio do subgrupo Alimentosprocessados, cuja taxa passou de 2,42 por cento em julho, para3,39 por cento em agosto. Na ponta, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) também nãomostrou alívio. Os preços subiram 0,42 por cento, umaaceleração frente à alta de 0,28 por cento do mês anterior. Três das sete classes de despesas que compõem o índiceapresentaram taxas mais altas em agosto do que em julho. Masneste caso, o que pesou no bolso dos consumidores não foi aalimentação, mas sim os custos com Habitação, que subiram 0,46por cento, depois da queda de 0,40 por cento no mês anterior. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,26por cento, praticamente no mesmo patamar de julho, quando aalta apurada foi de 0,31 por cento. No ano, o IGP-DI acumula alta de 3,24 por cento. Nosúltimos 12 meses, o índice subiu 5,19 por cento, informou a FGVem comunicado.

RENATO ANDRADE, REUTERS

05 de setembro de 2007 | 10h15

Tudo o que sabemos sobre:
MACROIGPDIATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.