Alimentos pesam em mais da metade do IPCA-15, diz IBGE

Os alimentos voltaram a registrar aumento de preços em setembro. A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) subiu 0,48% puxado pelo grupo Alimentação e Bebidas, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quinta-feira. A alta no grupo foi de 1,08% em setembro, o que resultou em mais da metade do IPCA-15 do mês. A contribuição dos alimentos para a inflação de 0,48% foi de 0,25 ponto porcentual.

DANIELA AMORIM E VINICIUS NEDER, Agencia Estado

20 de setembro de 2012 | 09h50

Vários itens ficaram mais caros, com destaque para as carnes, que subiram 1,79% em setembro contra uma queda de 0,76% em agosto. Outros itens que pesaram mais no bolso do consumidor foram batata-inglesa (15,62%), cebola (9,00%), alho (6,08%), ovos (5,09%), tomate (4,52%), arroz (3,97%), e frango (3,46%) e pão francês(2,30%).

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIPCA-15IBGEalimentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.