Alphaville Urbanismo solicita à CVM registro de companhia aberta

A Alphaville Urbanismo, controlada pela Gafisa, entrou com pedido de registro de companhia aberta junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Reuters

28 de março de 2013 | 14h38

A Gafisa havia informado em setembro que analisaria opções estratégicas para o futuro da Alphaville --empresa voltada ao desenvolvimento de condomínios urbanos de alto padrão--, que poderiam envolver abertura de capital ou venda de fatia da companhia, com objetivo de maximizar valor ao acionista.

Em 2006, a Gafisa adquiriu 60 por cento da Alphaville, que hoje representa a divisão mais rentável da construtora e incorporadora. A fatia passou a 80 por cento em 2010 e, conforme acordo firmado em 2006 com a Alphapar, os 20 por cento restantes seriam adquiridos até o fim de 2012.

O processo, entretanto, foi parar na Câmara de Comércio e Arbitragem Brasil-Canadá, após desentendimento entre os sócios quanto à quantidade de ações a serem usadas como pagamento pela fatia restante. Ainda não há uma decisão sobre a questão.

(Por Vivian Pereira)

Mais conteúdo sobre:
CONSTRUCAOALPHAVILLEREGISTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.