Tiago Queiroz/Estadão - 25/11/2020
Tiago Queiroz/Estadão - 25/11/2020

Alshop prevê criação de 80 mil vagas temporárias até o final do ano

Segundo associação, as próximas datas comemorativas, como Dia das Crianças, Black Friday e Natal, devem ajudar a elevar a oferta de vagas

Rafael Nascimento, Especial para o Estadão/Broadcast

06 de outubro de 2021 | 05h00

Com o avanço da vacinação e o aumento da circulação de consumidores, a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) acredita que as próximas datas comemorativas – como Dia das Crianças, Black Friday e Natal – podem elevar a oferta de vagas temporárias no comércio em pelo menos 80 mil postos de trabalho até o final do ano.

Só no Estado de São Paulo, a pandemia gerou 55 mil demissões e 10% das lojas fecharam as portas definitivamente, segundo a associação.

“O Natal de 2020 coincidiu com a segunda onda da pandemia de covid-19, e isso contribuiu para que a contratação de temporários fosse a menor nos últimos anos. Mas acreditamos neste recomeço e os lojistas associados estão bem confiantes”, disse o diretor institucional da Alshop, Luis Augusto Ildefonso.

De acordo com uma projeção da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a estimativa é de que haja a contratação de 94,2 mil trabalhadores para atender ao aumento sazonal das vendas neste fim de ano. Destes, pouco mais de 60 mil estarão em shoppings.

A maior parte das novas contratações previstas para este fim de ano ficará concentrada nas regiões Sudeste e Sul. Só em São Paulo, há previsão de cerca de 25,6 mil novos postos de trabalho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.