Alstom anuncia unidade de energia eólica na Bahia

Investimento previsto no projeto se aproxima de 20 milhões de euros

Efe,

21 de dezembro de 2009 | 20h03

O grupo industrial francês Alstom anunciou nesta segunda-feira, 21, um memorando de entendimento para a instalação na Bahia de unidade de montagem de estruturas para exploração da energia eólica no Brasil.

O investimento previsto neste projeto se aproxima dos 20 milhões de euros, segundo o comunicado divulgado pela Alstom, no qual o grupo diz que a unidade de montagem de turbinas eólicas começará a funcionar no começo de 2011.

Com este acordo, a Alstom "confirma sua estratégia na região, assim como sua vontade de se transformar em um ator principal no mercado eólico brasileiro", afirmou o vice-presidente da companhia, Philippe Cochet.

O mercado energético do Brasil, acrescentou o executivo, "possui um forte potencial" em termos de produção de energia a partir de fontes alternativas e a Alstom dispõe dos recursos necessários para o desenvolvimento do setor.

O grupo francês considera a energia eólica uma fonte sustentável de energia limpa que permite a redução das emissões de dióxido de carbono e de outros gases poluentes. Por isso, está investindo neste setor em inúmeros países, destaca a nota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.