seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Alta da Selic foi antecipada para o consumidor, diz BC

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, disse que, em janeiro, o mercado já antecipou na curva de juros a alta da Selic. Na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), na semana passada, o colegiado decidiu elevar a taxa básica de 7,25% para 7,50% ao ano. De acordo com nota divulgada pelo BC nesta sexta-feira, 26, a taxa de juros média dos empréstimos com recursos livres passou de 25,3% em dezembro de 2012 para 26,2% em janeiro deste ano.

EDUARDO CUCOLO E CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

26 de abril de 2013 | 12h09

No mesmo período, a taxa cobrada para as pessoas físicas passou de 33,9% para 34,6% e a das pessoas jurídicas, de 18% para 18,9%. "Como as taxas de juros estão se comportando com a Selic? O que aconteceu, aparentemente, é que teve uma antecipação da taxa básica em janeiro", disse Maciel, Tulio Maciel. "Mas a alta de dezembro para janeiro não se sustentou. De janeiro para cá as taxas de juros estão oscilando e agora está tendo uma estabilidade", continuou, acrescentando que o patamar dos juros hoje é "muito menor" do que o cobrado no mesmo período do ano passado. Maciel destacou que a redução dos juros contribui para a redução da inadimplência.

Tudo o que sabemos sobre:
créditoBCmarçoSelic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.