Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Alta das commodities está sendo revertida, diz Mantega

Segundo ministro da Fazenda, queda nos preços vai levar inflação para o centro da meta mais rapidamente

Fabio Graner, da Agência Estado,

11 de agosto de 2008 | 16h03

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta segunda-feira, 11, que ficou satisfeito com a redução da inflação, o que significa que o processo de alta das commodities está "sendo revertido" e vai ajudar a acelerar a convergência da inflação para o centro da meta (4,5% ao ano).  Veja também: Entenda os principais índices de inflação  Entenda a crise dos alimentos  De olho na inflação, preço por preço "Isto (queda das commodities) vai fazer com que nossa inflação possa caminhar mais rapidamente para o centro da meta no futuro. Mas isso não significa que devemos descuidar. O governo continuará empenhado em controlar a inflação, pois ela sempre pode voltar e se difundir", afirmou Mantega em entrevista coletiva após a reunião do Conselho de Administração da Petrobras.  Questionado se o governo vai aumentar o superávit primário para reforçar o combate a inflação, Mantega afirmou que o governo "já está fazendo um bom superávit primário", mas ressaltou que o aperto fiscal é "uma excelente arma para combater a inflação, pois reduz o dispêndio público e ajuda a segurar a demanda agregada".

Tudo o que sabemos sobre:
InflaçãoCommoditiesGuido Mantega

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.