Hélvio Romero/ Estadão
Hélvio Romero/ Estadão

Alta do dólar deve ser repassada ao preço de pães, bolos, massas e biscoitos, aponta associação

Em nota, a representante das indústrias disse que a 'elevação do dólar afeta diretamente os valores de produção da cadeia', já que o Brasil importa aproximadamente metade do trigo que abastece a indústria moageira

Isadora Duarte, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2019 | 18h05

A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi) informou nesta terça, 3, que a recente valorização do dólar ante o real deve ser repassada em até 3% sobre o valor final de pães, bolos, massas e biscoitos. A entidade disse que o repasse será feito gradualmente ao valor final dos produtos do setor e estima que deve ter início entre o fim deste ano e começo de 2020, a depender de cada fabricante.

Em nota, a representante das indústrias disse que a "elevação do dólar afeta diretamente os valores de produção da cadeia", já que o Brasil importa aproximadamente metade do trigo que abastece a indústria moageira. "Este aumento não tem como ser totalmente absorvido pela indústria. De todo modo, este repasse tende a ser gradual, pois não há espaço para elevar os preços de uma só vez para o consumidor final", afirmou a entidade.

Segundo a Abimapi, a farinha de trigo representa 70% do custo das massas, 60% do custo de pães e bolos industrializados e 30% de biscoitos. "Qualquer variação no preço do trigo tem impacto direto para os fabricantes", acrescentou a Abimapi. O repasse não será imediato, de acordo com a entidade, porque as indústrias têm estoque suficiente para suprir em média de dois a três meses das atividades.

Em novembro, a valorização do dólar ante o real atingiu 5,8%, alcançando máxima de R$ 4,2772. No acumulado do ano, a moeda norte-americana avançou cerca de 8% ante a brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
dólartrigopão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.