Alta do dólar reduz gasto do brasileiro no exterior

O dólar a R$ 2 já faz estragos no turismo internacional. Em junho, os brasileiros gastaram US$ 6 milhões a menos por dia nas viagens pelo mundo. Dados do Banco Central (BC) mostram que as despesas dos turistas diminuíram 9,8% na comparação com igual período de 2011. Na média, viajantes desembolsaram US$ 56,1 milhões por dia no mês passado, menos que os US$ 62,2 milhões de igual período de 2011.

O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2012 | 03h09

Em junho, ao todo, os brasileiros gastaram US$ 1,68 bilhão no exterior e estrangeiros deixaram US$ 462 milhões em viagens pelo Brasil. Com isso, a conta do turismo encerrou o mês com saldo negativo de US$ 1,22 bilhão.

Ao divulgar os números ontem, o chefe adjunto do departamento econômico do BC, Fernando Rocha, explicou que a queda das despesas em viagem é resultado do dólar mais alto. "O câmbio é decisivo na tomada de decisão para gastar no exterior", disse, ao lembrar que a moeda norte-americana saiu de um patamar de R$ 1,70, em fevereiro, para algo próximo de R$ 2, nas últimas semanas.

Valendo o dobro do real, o dólar tem feito muitos brasileiros trocarem o destino das férias para opções mais baratas. Por isso, o gasto total com passeios caiu 3% no segundo trimestre de 2012 ante igual período do ano passado. / F.N. e E.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.