Alta do petróleo já chega a plásticos e fertilizantes

A escalada do preço do petróleo no mercado mundial já se reflete nos preços internos de insumos importantes da indústria e da agricultura, como plásticos e fertilizantes . O efeito dessa alta no custo final dos produtos deverá pressionar a inflação ou reduzir as margens de lucro das empresas.A indústria do plástico sofreu este ano aumentos de 5,6% a 8,5% no custo do polietileno, polipropileno e poliestireno, matérias-primas usadas na fabricação de embalagens, artigos de utilidade doméstica, brinquedos e peças e componentes para automóveis e eletroeletrônicos, entre outros. Segundo a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), as empresas petroquímicas já estão falando em novo aumento de 8% a 10%.No caso dos fertilizantes, os preços no País subiram 12% entre janeiro e março, segundo a consultoria MB Agro. Isso representa aumento de custo de produção dos alimentos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.