Alta dos juros do Fed pode ser justificada ainda neste ano, diz Yellen

BC dos EUA está 'considerando seriamente' começar a apertar a sua política monetária, afirma presidente da autoridade monetária  

Reuters

27 de março de 2015 | 17h10

O Federal Reserve está "considerando seriamente" começar a apertar sua política monetária e uma alta de juros pode ser justificada ainda neste ano, embora uma queda no núcleo da inflação e na renda do trabalhador possam forçar o banco central norte-americano a adiá-la, disse nesta sexta-feira a chair do Fed, Janet Yellen.

Ela também afirmou que após a primeira elevação dos juros, um aperto gradual da política monetária provavelmente será justificado. Se novos dados econômicos não corroborarem a previsão do Fed, a trajetória para a política monetária será ajustada, disse.

"Com melhora contínua das condições econômicas, um aumento de juros pode ser justificado ainda neste ano", disse Yellen, segundo o texto de seu discurso em conferência sobre política monetária no Fed de San Francisco.

Ela acrescentou que o momento e a trajetória da alta de juros dependerão dos indicadores econômicos.

"A trajetória efetiva da política monetária vai evoluir à medida que as condições econômicas evoluírem e o aperto monetário pode ser acelerado, desacelerado, pausado ou até revertido dependendo dos desenvolvimentos observados e esperados da atividade real e da inflação", disse Yellen.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAFEDYELLEN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.