Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Alta no preço de alimentos no 1º tri põe pobres em risco

Os preços globais dos alimentos subiram no primeiro trimestre deste ano na esteira do aumento dos preços do petróleo, colocando milhões de pessoas em risco de não ter o suficiente para comer, informou o Banco Mundial nesta quarta-feira.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS, Agencia Estado

25 de abril de 2012 | 23h17

O aumento de 8% entre dezembro de 2011 e março de 2012 ocorreu devido ao "aumento dos preços do petróleo, das condições meteorológicas adversas, e da forte demanda da Ásia na importação de alimentos", explicou o Banco Mundial, em seu último Monitor do Preço dos Alimentos.

"Após quatro meses de declínios consecutivos, os preços dos alimentos estão em alta novamente, ameaçando a segurança alimentar de milhões de pessoas", disse Otaviano Canuto, vice-presidente do Banco Mundial para a Redução da Pobreza e Gestão Econômica. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco Mundialaltapreços alimentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.