Aluguéis caem 0,8% em São Paulo

A pesquisa mensal de aluguel residencial da cidade de São Paulo, desenvolvida pelo Secovi-SP - sindicato da habitação -, revelou que os valores locatícios apresentaram redução média de 0,8% em maio. Os aluguéis da região sul, no entanto, tiveram queda maior, de aproximadamente 1,9%. Nos imóveis de conservação regular os preços dos aluguéis caíram cerca de 1,1% contra 0,7% de redução média nos imóveis em bom estado de conservação.A pesquisa verifica também o Índice de Velocidade de Locação (IVL), que determina o tempo que um imóvel ficou fechado sem ser alugado. O resultado revela que nos primeiros meses deste ano, a média foi de 3,4 meses. Nos últimos meses do ano passado, o IVL médio era de 3 meses. Um outro dado que serve de balizamento para o mercado é o índice de Vacância - total de imóveis vagos - por região. Segundo a pesquisa, a zona sul é a região que apresenta o maior número de imóveis nessas condições, 28,6%. Representantes do Secovi afirmam que esse dado é importante para que imobiliárias e proprietários percebam que, mesmo com o mercado apresentando estabilidade em valores, os inquilinos estão mais exigentes, aceitando somente imóveis em boas condições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.