Aluguéis um pouco mais baratos

O mercado de locação residencial da cidade de São Paulo apresentou redução média dos aluguéis da ordem de 0,4% em setembro. Essa informação faz parte dos resultados da Pesquisa Mensal de Valores de Locação realizada pelo Secovi-SP, o Sindicato da Habitação, com base em informações dadas por administradoras e imobiliárias dedicadas à atividade de aluguel de imóveis residenciais."Geralmente o mercado de locação acompanha a economia do País e é o que observamos na Capital. Como a própria economia vem apresentando estabilidade, os valores têm sofrido poucas oscilações. Esse quadro vem se repetindo desde o início da pesquisa, no ano passado", avalia o vice-presidente de Locação do Sindicato, Sergio Luiz Abrantes Lembi.De modo geral, os aluguéis que tiveram queda média maior, cerca de 1%, são das regiões Leste e Centro. As locações nas demais regiões da Capital caíram menos nesse período. Os imóveis de três quartos tiveram reduções um pouco maiores (0,9%) do que os de dois dormitórios (0,3%). As casas e apartamentos de um quarto foram àlugados por valores médios semelhantes aos praticados em agosto.As unidades com problemas de conservação e sem vaga para automóvel tiveram decréscimo um pouco maior (em torno de 0,5%) do que o observado nas moradias em bom estado e com local para guardar veículos (0,4%). No tocante à oferta, ou seja, o estoque de imóveis à disposição do público para ser alugado, as imobiliárias pesquisadas revelaram, em setembro, um cenário que aponta para crescimento, visto que 41% das administradoras entrevistadas responderam que ocorreu aumento na quantidade de casas e apartamentos e 43% da amostra indicou estabilidade, sendo que apenas 16% apontou retração da oferta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.