Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Amazon foca em serviços digitais

Os resultados trimestrais estelares da Amazon.com estão ajudando a convencer os céticos em Wall Street de que um surto de gastos intenso está começando a valer a pena para a varejista da internet, que está tentando se transformar em uma empresa de tecnologia.

O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2012 | 03h03

As ações da Amazon saltaram 15% na sexta-feira, depois que a companhia apresentou os resultados do primeiro trimestre, com margens bem acima das expectativas mais otimistas dos investidores, adicionando US$ 10 bilhões em valor de mercado.

O presidente da Amazon, Jeff Bezos, tentou convencer investidores a ficarem na companhia no longo prazo quando flertava com prejuízos nos trimestres recentes. Ele tenta transformar a Amazon de uma versão online de uma grande varejista, como o Wal-Mart, em um provedora de serviços de tecnologia.

"Esses serviços vão se tornar uma parte crescentemente importante dos negócios totais da Amazon e será um guia para a lucratividade futura", disse o analista Carlos Kirjner, da Bernstein Research. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.