Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Amazon vai pagar autores por página lida

Empresa muda forma de remunerar autores e passa a olhar para o quanto os clientes leem

O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2015 | 02h05

A gigante do comércio eletrônico Amazon.com vai remunerar os autores independentes, a partir do mês que vem, com base no número de páginas lidas na plataforma de e-books do Kindle, em vez de pagar pelo número de vezes que os livros foram emprestados. A plataforma da Amazon Kindle Direct Publishing permite que autores estabeleçam preços de lista, decidam sobre direitos e editem o livro a qualquer momento.

A publicação própria transformou o significado de ser um autor. Simplesmente carregar um documento e adicionar uma capa pode tornar qualquer pessoa um autor publicado em plataformas de livros eletrônicos como Kindle e Smashwords.

A Amazon disse, nesta segunda-feira, 22, que a medida alinhará melhor o pagamento com o tamanho dos livros e o quanto os clientes leem. "Essa troca é em resposta ao feedback que recebemos de autores", disse a Amazon.

A empresa usa um método complexo para determinar os pagamentos a autores independentes - eles são baseados em um fundo, cujo tamanho é estabelecido pela Amazon mensalmente. (Com informações da Reuters).

Tudo o que sabemos sobre:
O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.