Ambac levanta US$1,5 bi com venda de papéis

A seguradora de bônus Ambac FinancialGroup informou na sexta-feira que vendeu 1,5 bilhão de dólaresem ações e títulos conversíveis, protegendo a companhia contrareduções de classificação. Apesar disso, o anúncio não satisfezalguns analistas que queriam que a companhia levantasse maisdinheiro. A Ambac informou que vendeu 1,25 bilhão de dólares em açõesordinárias a 6,75 dólares por ação, ou 9 por cento abaixo dopreço de fechamento dos papéis na quinta-feira. A oferta deações quase que triplicou o número de ações da companhia emcirculação. A companhia também vendeu 250 milhões de dólares emtítulos conversíveis. "Com esse aumento de capital de 1,5 bilhão de dólares...nós acreditamos que nossa subsidiária Ambac Assurance manterásua classificação de triplo A", informou o presidente-executivoda Ambac, Michael Callen, em comunicado. A companhia precisa sustentar sua base de capital enquantoenfrenta grandes pagamentos gerados por garantias concedidas atítulos vinculados a hipotecas de risco elevado e outros tiposde débito de risco. Os mercados financeiros esperavam pelo aumento de capitalda Ambac há semanas. Muitos investidores temiam que aspotenciais perdas da Ambac disparariam reduções de notas derisco da empresa, o que poderia reduzir as classificações dostítulos que garante. E essas reduções de nota poderiam forçar investidores avender bilhões de dólares em títulos garantidos pela Ambac,aumentando os custos de financiamento para cidades econsumidores. Até 31 de dezembro, a Ambac segurava cerca de 524bilhões de dólares em dívida em circulação. (Por Dan Wilchins)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.