Ambev garante que vazamento só ocorreu para a imprensa

O diretor de Relações Corporativas da Ambev, Milton Seligman, disse que a declaração feita hoje pelo presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Luiz Leonardo Cantidiano, de que houve vazamento de informações sobre a operação Ambev-Interbrew, se referia ao vazamento de informações na imprensa.Segundo ele, outro diretor da Ambev, Vitório de Marchi, também teria se referido no dia 2 de março a esse vazamento para a imprensa. "Estes vazamentos acabaram motivando a publicação (pela Ambev) de dois fatos relevantes: um, na segunda-feira, 1º de março, e outro, na terça-feira, 2 de março", afirmou. Seligman também compareceu hoje da audiência pública da Comissão de Defesa do Consumidor, na Câmara dos Deputados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.