AmBev investe R$ 71 milhões para ampliar produção no Amazonas

Para abrigar nova linha de garrafas, capacidade produtiva ficará 36% maior, para 2,1 milhões de hectolitros anuais

Tatiana Freitas, da Agência Estado,

31 de março de 2010 | 13h28

A AmBev vai ampliar em 36% a capacidade de produção de sua fábrica no Amazonas, passando de 1,380 milhão de hectolitros por ano para 2,185 milhões de hectolitros anuais. Até setembro, a companhia vai expandir a capacidade de produção da unidade, que, em outubro, ganhará uma nova linha de garrafas. Os investimentos da AmBev na Filial Manaus, uma das mais antigas da fabricante, somam R$ 71 milhões.

 

A empresa estima a geração de 1,5 mil empregos, diretos e indiretos, com a ampliação da fábrica, incluindo as vagas criadas exclusivamente para o período de obras.

 

Este mês, a unidade começou a produzir dois novos tipos de embalagem de cerveja para abastecer os estados do Amazonas, Roraima, Pará e Acre: o latão de 473 ml para a marca Skol e os packs com 18 e 24 latas de cerveja de Brahma e Skol.

 

Segundo a AmBev, a Filial Manaus é a primeira fábrica beneficiada pelo plano da companhia de investir entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões no Brasil este ano - a empresa condiciona o valor máximo dos aportes à manutenção do atual patamar de tributação. A unidade, que pertencia à cervejaria Antarctica, está em operação desde 1938.

Tudo o que sabemos sobre:
AmbevproduçãoinvestimentoAmazonas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.