AmBev não está sendo comprada, diz InterBrew

O executivo-chefe da InterBrew, John Brock, fez questão, hoje, de explicar que a sua empresa não está comprando a AmBev, já que haverá duas empresas com ações negociadas separadamemte. Segundo ele. A conclusão do negócio deverá ocorrer até o final de 2004. Brock, afirmou que a companhia não pagou um prêmio pela AmBev. "Quando tudo estiver concluído, a quantia total que a Interbrew investirá na transação será semelhante ao total investido pela AmBev como parte da compra das nossas operações no Canadá, EUA e México?, disse. Em entrevista ao serviço de informações corporativas Cantos, com sede no Reino Unido, Brock mostrou-se confiante quanto à possibilidade de a combinação das duas empresas enfrentar eventuais obstáculos regulatórios. "Se você observar a estrutura, nós vamos atuar em áreas geográficas distintas", respondeu. O executivo afirmou que não há planos de encerrar atividades e unidades no momento. Ele, no entanto, ressaltou que as duas empresas vão manter o foco na eficiência. John Brock explicou que a complexidade do acordo fechado com a AmBev deveu-se à necessidade de atender a todas as exigências das partes envolvidas. Ele afirmou que a combinação resultante, apesar da complexidade, vai ter um bom funcionamento. Segundo ele, a InterbrewAmBev terá como sede a cidade de Leuven e ações negociadas na Bolsa da Bélgica. Assim que o negócio for concluído, a InterbrewAmBev vai ter 57% do interesse econômico e 85% dos direitos votantes na Ambev. As ações da AmBev continuarão sendo negociadas na Bovespa e em Nova York. "Outra parte da transação que é muito importante para nós é que as operações da Interbrew no Canadá, EUA e México vão se tornar parte da AmBev", comentou. Quando o negócio for concluído, a AmBev terá dois executivos-chefes - um para a América do Norte e outro para a América do Sul. Eles responderão ao conselho da AmBev, mas também vão fazer parte do conselho executivo global da InterbrewAmBev, ao lado de administradores da Ásia e Europa.Leia maisLucro da Interbrew subiu 9,1% em 2003, abaixo do esperadoAções da Interbrew caem 5,35% com anúncio de acordoAmbev e Interbrew anunciam termos de troca de açõesAmbev admite vazamento de informações sobre fusãoAmbev será investigada por uso de informação privilegiadaAmBev anuncia que negocia várias operações com InterbrewNegociação AmBev-Interbrew derruba ações na Bélgica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.