Ambição e carreira

Quando chamamos alguém de ambicioso, não raramente podemos entender este adjetivo em duas vertentes. A sadia, referindo-se àquele que tem como objetivo seu crescimento pessoal ou profissional, que é determinado, que tem o movimento honesto na busca de suas metas, que descortina o novo e não se contenta com sua zona de conforto. E a vertente pejorativa, quando a ganância passa a ser a força motriz, os atributos passam a ser destrutivos e os valores morais ignorados.

O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2014 | 02h09

Em alguns, dicionários, o conceito refere-se a um "desejo imoderado de poder, sucesso e riquezas". Em outros, está relacionado a um "desejo intenso de alcançar um objetivo de ordem superior; uma aspiração".

Em ambas as definições, a palavra desejo parece ser o fator impulsionador. No entanto, os adjetivos que a complementam - imoderado e intenso - é que dão o toque da qualidade desta ambição. Um desejo imoderado pode ultrapassar valores éticos, não havendo limites para a conquista de suas metas. Direcionar a ambição desta forma é um salto sem rede e, certamente, uma luta inglória, sobretudo no âmbito profissional.

No mundo corporativo, presenciamos profissionais que agem com esta ambição desmedida. Preocupados com sua empregabilidade e com as imposições do mercado de trabalho, permitem que valores éticos sejam colocados de lado dando lugar a uma competitividade insana. Geralmente, sua postura varia de acordo com situações que lhe ofereçam resultados lucrativos, elogios e muitas vezes aplausos ilusórios, o que ocasiona indubitavelmente a perda da identidade profissional.

Atitudes arrogantes e egocêntricas são características marcantes dos indivíduos que direcionam mal sua ambição e, por consequência, o levam a uma coleção de desafetos em seu ambiente de trabalho. Certamente você já se deparou com um. Extremamente desagradável uma convivência, não?

Por outro lado, a ambição em sua conotação positiva, não é caracterizada por um desejo desenfreado e sim por um desejo veemente, intenso e de mãos dadas com valores éticos. Neste parâmetro, classificar um indivíduo como ambicioso refer-se a alguém que é proativo, que tem motivação, determinado a alcançar suas metas e que desenvolve atitudes vencedoras.

Podemos afirmar, sem margem de dúvida, que todas as competências exigidas atualmente pelo mundo do trabalho têm como elemento subjacente a ambição. Na verdade, o profissional que demonstra ser ambicioso em sua carreira tem sido altamente valorizado no mundo corporativo.

No entanto, para ser usada a seu favor, a força da ambição - acompanhada por atitudes éticas - necessita de recursos internos, principalmente na vida profissional. São eles: paciência, perseverança e autoconhecimento.

Paciência: A pressa e a busca por resultados imediatos podem atrapalhar o alcance das realizações e, consequentemente, impedem uma trajetória de sucesso. O aprimoramento requer tempo, constante revisão de metas e análise dos fatores externos. Queimar etapas na carreira e edificá-la com saltos é uma verdadeira armadilha na vida profissional.

Perseverança: A capacidade de persistir e manter o foco diante das dificuldades e obstáculos é um pilar poderoso da ambição e somente com perseverança é que se consegue ajustá-la à realidade externa tornando-a factível, realizável.

Autoconhecimento: a ambição incentiva o progresso individual e quem conhece seus próprios recursos tem condições mais favoráveis para avaliar as possibilidades de sucesso e desta forma empenhar-se para alcançar as suas metas.

A rigor, a ambição é o combustível de uma carreira e mais do que isso, tem o poder de dinamizar a vida. O desejo de se aprimorar profissionalmente, de progredir, alcançar um melhor status financeiro ou simplesmente ter uma qualidade de vida melhor, pode ser o seu projeto, a sua ambição. Então lute por ela! Aliás, em qualquer circunstância, é ela que funciona como mola propulsora para um crescimento pessoal ou profissional.

Então, permita-se ser ambicioso! Mas lembre-se de nunca colocar suas ambições acima de valores éticos sob pena de, mais cedo ou mais tarde, ver ruir todas suas conquistas.

GERENTE DE CARREIRAS DO IBMEC-RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.