Amcham diz que não é ligada à Câmara dos EUA

A Câmara Americana de Comércio para o Brasil (Amcham Brasil) informou ontem que as declarações do diretor-gerente da Câmara de Comércio dos Estados Unidos, Mark Smith, não correspondem à opinião da entidade brasileira. Smith afirmou ontem ao ''''Estado'''' que o excesso de impostos faz do Brasil um ''''país propício ao subfaturamento de importação'''', em referência às acusações de sonegação fiscal enfrentadas pela gigante americana Cisco Systems. A Amcham Brasil afirma que não há relação formal entre seu pontos de vista e o da Câmara do Comércio dos Estados Unidos. Em nota, a entidade afirma que é uma câmara de comércio com atuação voltada aos EUA, porém independente, sem ligações com os governos americano ou brasileiro.

O Estadao de S.Paulo

19 de outubro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.