Ameaça de bomba na sede da Previ no Rio

Dois dias após a intervenção federal no fundo de previdência dos funcionários do Banco do Brasil, a Previ, o prédio onde fica a empresa foi evacuado sob suspeita de bomba. Um telefonema anônimo dado à central de atendimentos do fundo advertiu sobre a existência de explosivos no edifício, que poderiam ser detonados a qualquer momento. O Esquadrão Anti-Bomba, da Polícia Civil, foi chamado e o prédio foi evacuado para vistoria. Os policiais ainda estão no local checando as instalações. Em março, duas bombas foram detonadas neste mesmo prédio onde funcionam outras empresas como a Telefônica e a Editora Abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.