América Latina está mais bem preparada para crise

O titular da Secretaria-geral Ibero-americana, Enrique Iglesias, disse nesta quinta-feira que os países da América Latina continuam com uma conjuntura de "bonança econômica", ou seja, em melhores condições que antes para enfrentar um possível período de crise, que ainda não parece ser iminente.Iglesias, que encerrou no mesmo dia em La Granda, norte da Espanha, um curso dedicado aos 20 anos da Espanha na União Européia, disse que a situação econômica continua sendo "muito positiva" para os países latino-americanos, que "há três anos que vêm crescendo bem".No último triênio, especificou, o crescimento acumulado chegou a 5%, e a previsão para o ano que vem "é de um crescimento menor", mas de acordo com o nível internacional".Para Iglesias, o problema não é a conjuntura atual latino-americana: "o que preocupa é como manter esse ritmo e como se preparar para o período das vacas magras, embora, por enquanto, acho que temos um grande comprador que é a China, e há em geral uma perspectiva que continuará crescendo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.