carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

American Airlines poderá não cumprir lei de call center

A American Airlines obteve ontem um mandado de segurança que permite que ela não cumpra o decreto que estabelece as novas regras de atendimento telefônico ao consumidor, os call centers. A companhia é a segunda empresa a obter o direito de não cumprir a lei. No início da semana, a companhia aérea Continental Airlines obteve decisão liminar semelhante. Nos dois casos, a Justiça Federal em São Paulo determinou que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não poderá aplicar sanções administrativas contra as duas companhias no caso de descumprimento do decreto 6.523/2008. Outras companhias aéreas estrangeiras devem entrar com ações judiciais semelhantes. As empresas estrangeiras argumentam que suas operações no Brasil são muito pequenas para justificar a instalação de um call center com a presença física de funcionários 24 horas por dia, sete dias por semana.

MARIANA BARBOSA, Agencia Estado

05 de dezembro de 2008 | 20h54

Tudo o que sabemos sobre:
call centerregraAmerican Airlines

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.