Amorim diz que há espaço para negociações na OMC

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, disse que o facilitador do grupo agrícola, o ministro de Cingapura, George Yeo, deverá entregar na manhã deste sábado o texto que será a base da negociação entre as delegações dos países.Amorim disse que o facilitador havia informado que entregará um texto de rascunho com "colchetes" em alguns trechos, particularmente em temas e pontos considerados por ele mais delicado em termos de negociação. "O que é até confortador porque isso daria uma margem para negociar", comentou Amorim. O ministro disse acreditar que há campo para conseguir algum avanço no texto final das negociações. "Será possível que haja uma formulação mais genérica e menos excludente", disse Amorim. Ele acredita que o texto final não deverá conter fórmulas específicas em relação a temas como tarifas ou subsídios. "Deverá sim haver conceitos e uma direção que permitam negociar especificamente os pontos num momento mais tarde", disse Amorim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.