Amorim: questão argentina será resolvida 'na conversa'

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse hoje que os recentes conflitos da Argentina com o Brasil serão resolvidos "na conversa, na harmonia". A Argentina estaria restringindo as importações de alimentos brasileiros. "É um porcentual mínimo do nosso comércio", disse o ministro, após participar do Terceiro Fórum Aliança de Civilizações das Nações Unidas.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

28 de maio de 2010 | 19h05

O presidente Lula e a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, estiveram reunidos hoje no Museu de Arte Moderna (MAM), mas ambos deixaram o local sem falar com a imprensa. Amorim também não deu informações sobre o resultado da reunião bilateral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.