Anac: demanda por voos no País sobe 19,5% em junho

A demanda no mercado aéreo doméstico brasileiro apresentou um crescimento de 19,54% em junho deste ano na comparação com igual mês do ano passado, segundo dados divulgados hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A oferta no mesmo intervalo de comparação aumentou 12,48%, ao passo que a taxa de ocupação passou para 68,10%, de 64,09% em junho de 2010.

AE, Agencia Estado

21 de julho de 2011 | 12h02

De acordo com o relatório da Anac, a demanda internacional em voos operados por empresas brasileiras teve um aumento de 7,72% em junho deste ano ante junho do ano passado. A oferta de assentos foi superior em 4,92% e a taxa de ocupação chegou à marca de 77,66%, conforme os dados da agência.

A TAM, incluindo a Pantanal, está na liderança do setor, com participação de 41,68% no mercado doméstico em junho, seguida pela Gol/Varig, com 37,13%, a Azul com 8,61%; a WebJet, 5,51%; Trip, 3,24% e Avianca, 2,94%. Já no mercado internacional, a TAM segue na primeira posição com 90,57% do mercado, enquanto Gol/Varig detém 8,18% e Avianca, 1,25%.

No acumulado de janeiro a junho deste ano, a demanda doméstica cresceu 21,39% ante o mesmo período do ano passado, a oferta aumentou 14,59% e a taxa de ocupação ficou em 71,08%, ante 67,10%. Nos voos internacionais, a demanda teve alta de 18,95% em relação ao acumulado de janeiro a junho de 2010 e a oferta cresceu 13,14% na mesma comparação, enquanto taxa de ocupação passou de 74,29% para 78,11%.

Tudo o que sabemos sobre:
aviaçãomercadodemandaAnac

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.