Anac: eficiência vai definir redistribuição de vôos

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) anunciou hoje que a redistribuição das autorizações para pousos e decolagens (slots) nos aeroportos do País que estão com sua capacidade saturada terão uma nova regra. A partir de agora, a concessão de autorizações nesses aeroportos priorizará as companhias com menores índices de atrasos e cancelamentos de vôos e melhor segurança operacional. Segundo a Anac, Congonhas é hoje o único aeroporto do Brasil com restrições por slots. Para se candidatar a operar em aeroportos saturados, como é o caso de Congonhas, a companhia aérea deverá ter pelo menos seis meses de atuação no mercado doméstico. A nova regra ficará em consulta pública por 60 dias, a partir desta quarta-feira.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

01 Outubro 2008 | 11h31

Mais conteúdo sobre:
Anac redistribuição de vôos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.