Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Analista de investimentos deverá ter certificação

O presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Luiz Cantidiano, disse ontem à noite que na próxima semana a autarquia colocará em audiência pública a minuta de uma Instrução que regulamenta a profissão de analista de valores mobiliários. O regulamento exige a certificação do analista e a observância de código de ética. A Instrução prevê punição administrativa e civil, caso seja provado que o profissional buscou defender interesses particulares na recomendação de investimentos. O presidente da Associação Brasileira dos Analistas de Mercados de Capitais (Abamec), Humberto Casagrande Neto, disse que a novidade anunciada por Cantidiano é excelente, pois a entidade há 32 anos vem trabalhando para que a profissão de analista de investimentos seja regulamentada. Casagrande esclareceu que a certificação será obrigatória, entendendo que deverá ser seguido o princípio da auto-regulação, em que a Abamec será a responsável pela certificação e acompanhamento da conduta ética do analista. De acordo com Casagrande, haverá uma certificação nacional e outra internacional. O certificado nacional será conferido para o profissional que provar que vem atuando como analista há mais de dois anos e que possui nível superior. O exame internacional seguirá os princípios da Associação de Certificação Internacional de Analistas de Investimentos (ACIIA), que reúne 13 países. Para tanto, será aplicado um exame técnico em duas fases: fundamental e final.

Agencia Estado,

12 de novembro de 2002 | 12h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.