Analistas ampliam projeção para o euro

O euro rompeu a paridade com o dólar esta manhã pela primeiravez desde fevereiro de 2000, o que levou os analistas dos maiores bancos a revisarem de forma acentuada suas projeções da moeda européias. Agora, a estimativa média de 15 dos 18 bancos que responderam a pesquisa da Dow Jones é de que o euro alcanceUS$ 1,0450 no final do ano, acima da estimativa média de US$ 1,00 por euro da pesquisa anterior, de 24 de junho. A intensificação do sentimento negativo sobre o dólar foi apontado como o fator fundamental para essa rápida revisão das projeções, de acordo com a pesquisa. "A aceleração do declínio do dólar claramente tomou todos de surpresa: ninguém imaginava que isso mudaria tão rápido e de forma tão precipitada", disse Mansoor Mohi-uddin, estrategista chefe de câmbio da UBS Warburg, em Londres, cuja projeção foi mudada para US$ 1,0500 por euro no final de dezembro, de uma previsão anterior de US$ 1,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.