finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Analistas buscam na reunião do BCE pistas para fim de medidas

Os investidores esperam nesta quinta-feira sinais de que o Banco Central Europeu (BCE) irá em breve começar a retirar a liquidez abundante e barata dos bancos, já que se aproximam as datas de vencimento das medidas contra a crise adotadas pela autoridade.

REUTERS

05 de novembro de 2009 | 07h36

Todos os 78 economistas consultados pela Reuters na semana passada esperam que o BCE mantenha o juro da zona do euro no recorde de baixa de 1 por cento nesta quinta-feira, patamar que deve permanecer até o fim de 2010. A decisão será anunciada às 10h45 (horário de Brasília).

A maioria dos analistas espera que o BCE comece a retirar a liquidez antes de elevar o juro.

Muitos analistas acreditam que o BCE deixará claro que a última operação de liquidez de um ano, marcada para 16 de dezembro, será de fato a última.

Outros estimam que o banco esperará até dezembro para fazer anúncios sobre a operação e sobre seu plano de retirada da liquidez, já que naquela data a autoridade irá atualizar as projeções econômicas deste ano e do próximo e fazer estimativas para 2011, período crucial para as decisões de política monetária de hoje, dada a defasagem das ações e seus impactos na economia.

O presidente do banco, Jean-Claude Trichet, deve confirmar em entrevista coletiva às 11h30 que o juro segue em patamar apropriado e pedir cautela sobre as perspectivas econômicas.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBCEPREVISAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.