Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Analistas preveem fim da recessão nos EUA no 3º trimestre

Previsão é de contração de 2,6% do PIB norte-americano neste ano e crescimento de 2,3% em 2010

Marcílio Souza, da Agência Estado,

10 de agosto de 2009 | 12h16

A maior parte dos economistas acredita que a recessão nos EUA vai acabar neste trimestre, mas a recuperação deverá ser lenta, de acordo com uma pesquisa mensal publicada nesta segunda-feira, 10, pela Blue Chip Economic Indicators. A mediana das previsões dos 51 especialistas ouvidos na pesquisa é de contração de 2,6% do PIB dos EUA este ano e crescimento de 2,3% em 2010.

 

Veja também:

especialESPECIAL: Dólar, o fim de uma era?

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise  

 

Apenas cerca de um sexto desse grupo acredita que a recuperação será robusta, em forma de V, como geralmente ocorre após uma recessão profunda. Outro sexto prevê que a retomada terá a forma de W, com um período adicional de debilidade no ano que vem após um certo vigor no último semestre deste ano.

 

Os demais - aproximadamente dois terços do total - projetam uma recuperação em U, com um crescimento abaixo da tendência de longo prazo até o final do ano que vem.

 

Os gastos dos consumidores deverão continuar fracos durante o ano que vem, dizem os especialistas. A maior parte deles também prevê inflação contida e um desemprego prolongadamente elevado até o final de 2010; o índice de preços ao consumidor é projetado em 1,9% para o ano que vem, e a taxa média de desemprego, em 9,9%. Em julho, a taxa de desemprego nos EUA foi de 9,4%. As informações são de agências internacionais.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAcriserecessão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.