Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Analistas vencedores garimpam papéis e observam oportunidades

Estratégia garantiu elevadas rentabilidades aos vencedores da 19ª edição do Prêmio Broadcast Analistas

Karin Sato, O Estado de S.Paulo

01 Julho 2017 | 05h00

Encontrar oportunidades em um setor que havia atingido o “fundo do poço”, ousar em apostar contra a opinião generalizada do mercado financeiro, não se deixar levar pelo momento negativo vivido por um segmento e manter a aposta em determinada empresa tida como bem gerida. Essas atitudes garantiram elevadas rentabilidades aos analistas vencedores da 19.ª edição do Prêmio Broadcast Analistas.

Num mercado predominantemente masculino, neste ano, entre as três primeiras colocações, duas foram conquistadas por mulheres, algo que aconteceu pela última vez em 2006.

Maria Paula Cantusio, do BB Investimentos, liderou o ranking, com rentabilidade de 86,57%. Na cobertura do setor de varejo, a analista lembra que o ano de 2016 como um todo pode ser chamado de “fundo do poço”, com vendas em queda em todas as datas comemorativas. Uma das principais apostas da analista acabou sendo Magazine Luiza, cuja recomendação foi de compra até março, tendo mudado para manutenção naquele mês e assim permanecendo até o fim do ano. A varejista, ao longo de 2016, aumentou sua presença em vendas online e se destacou no setor.

O gerente de pesquisas do BB Investimentos, Wesley Bernabé, acredita que a perspectiva do time de análise é de que a reforma previdenciária seja aprovada até o fim do ano. Para a reforma trabalhista, a expectativa é ainda mais positiva. Para a equipe de análise do BB Investimentos é de incertezas no âmbito político no curto prazo, porém otimismo no longo prazo, com tendência para juros favoráveis a setores cíclicos, expostos à economia doméstica.

O segundo colocado, Paschoal Paione, obteve sucesso com recomendações de compra para Vale e Bradespar, acionista da mineradora, ao longo de 2016. No momento em que muitos do mercado estavam pessimistas com esses papéis, no início do ano passado, quando o preço do minério de ferro atingiu recorde mínimo, o analista resolveu apostar nesses nomes. A terceira colocação ficou com Gabriela Cortez, do BB Investimentos, com indicações bem-sucedidas em setores como o de papel e celulose.

Para Teresa Navarro, editora-chefe do Broadcast, em um ano marcado por uma forte crise econômica, que atingiu também o mercado de ações, o segredo foi procurar boas oportunidades. “O mérito dos analistas vencedores foi o talento e a competência para garimpar ações que teriam potencial de sofrer menos com a turbulência e recomendar os melhores investimentos.”

Corretoras. Por sua vez, o Prêmio Broadcast Corretoras foi para uma instituição com mais de 20 anos de história, a Planner. A equipe formada por quatro analistas obteve 49% de rentabilidade em 2016, ante média das corretoras participantes de 33,4%. O analista-chefe Mario Roberto Mariante ressalta que a Planner não tem como prática repetir suas carteiras mensais. “Estamos sempre de olho em oportunidades pontuais, mas tentamos manter esse perfil de empresas bem capitalizadas e administradas.”

Mais conteúdo sobre:
Broadcast

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.