finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Anapp apura que previdência privada ultrapassa R$ 40 bi

A carteira de investimentos do setor de previdência privada complementar atingiu R$ 40,5 bilhões em julho passado com evolução de 51,7% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com levantamento da Anapp (Associação Nacional das Empresas de Previdência Privada). O presidente da Anapp, Osvaldo do Nascimento, diz que prossegue a tendência de crescimento do início do ano. Desde janeiro de 2003, "o crescimento nas captações tem sido próximo a 70%, o que nos permite projetar um patrimônio superior a R$ 47 bilhões em dezembro deste ano", estima Nascimento.A carteira de investimentos do setor apresentou uma evolução de 51,7%, passando de R$ 26,7 bilhões em julho de 2002 para R$ 40,5 bilhões em julho passado. Desse total, R$ 24,6 bilhões referem-se a planos tradicionais, contra R$ 9,8 do Plano Gerador de Benefícios Livres (PGBL), R$ 5,6 bilhões do Vida Gerador de Benefícios Livres (VGBL) e R$ 428 milhões de Fundo de Aposentadoria Programada Individual (FAPI).Previdência abertaEspecificamente sobre os planos de previdência privada aberta, a captação dessas carteiras apresentou crescimento de 69% no período de janeiro a julho de 2003, segundo levantamento da Anapp. Foram comercializados R$ 7,5 bilhões em planos previdenciários, contra os R$ 4,44 bilhões no mesmo período do ano passado.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2003 | 15h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.