Anatel: acordo prevê internet rápida em 55 mil escolas

O acordo feito entre governo e concessionárias de telefonia fixa para construir uma infra-estrutura de banda larga em todo o Brasil também prevê que as empresas levem internet em alta velocidade a 55 mil escolas urbanas do País. Pelo entendimento - negociado pela Casa Civil da Presidência da República - as concessionárias Telefónica, Oi, Brasil Telecom, CTBC e Sercomtel levarão a banda larga gratuitamente a essas escolas por um período de 18 anos.Segundo a superintendente de Universalização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Enilce Versiani, a infra-estrutura de banda larga começará a ser construída em janeiro do próximo ano e estará totalmente instalada até dezembro de 2010. A conexão à internet nas escolas, segundo Enilce, será de 1 Mega bits por segundo (Mbps). "O governo percebeu que dava para negociar uma proposta mais arrojada", afirmou a superintendente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.