Anatel adia decisão sobre serviço Speedy da Telefônica

Foi adiada a decisão do conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre a retomada das vendas do Speedy, serviço de internet de banda larga da Telefônica. Segundo a assessoria de imprensa da Anatel, o conselheiro Plínio de Aguiar Júnior pediu vista e o processo deverá voltar à pauta do conselho na quarta-feira da próxima semana.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

20 de agosto de 2009 | 18h43

Dessa forma, a Telefônica continua proibida de vender novos pacotes do serviço. A proibição foi definida pela própria Anatel devido a seguidas panes na conexão do Speedy. Na semana passada, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, chegou a anunciar que a proibição seria revogada nesta semana.

O conselheiro Plínio pediu vista ainda de outro processo referente a recurso da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura contra a decisão da Anatel de impedir a cobrança do ponto extra da TV paga. Também não entrou na pauta da reunião do conselho diretor da Agência a questão dos reajustes das tarifas das operadoras de telefonia fixa. Ontem à noite, o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, chegou a dizer que o tema poderia ser discutido hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
internetSpeedyTelefônicaAnatel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.