Anatel aprova compra da Brasil Telecom pela Oi

A assessoria de imprensa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) confirmou que o conselho diretor aprovou hoje a compra da Brasil Telecom (BrT) pela Oi, considerado o maior negócio do setor dos últimos dez anos, depois da privatização do Sistema Telebrás. A supertele, fruto da fusão entre Oi e BrT, tem receita líquida anual de R$ 30 bilhões, concentra 22 milhões de telefones fixos e mais de 20 milhões de celulares. Sua atuação será em praticamente todo o País, à exceção do Estado de São Paulo.Para aprovar a fusão, a Anatel decidiu estabelecer "condicionantes", mas a assessoria não explicou quais serão essas exigências. A conselheira relatora Emília Ribeiro já havia adiantado que a Anatel exigiria da nova Oi contrapartidas para repassar à sociedade os ganhos que serão obtidos com a fusão. Estas exigências terão de ser cumpridas pela Oi até junho de 2010. O processo agora seguirá para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.