Anatel comemora número de empresas na disputa de 3G

O vice-presidente da Comissão de Licitação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Bruno de Carvalho Ramos, disse hoje que a entrada de oito grupos na disputa pelas licenças da terceira geração da telefonia celular (3G) "é um grande sucesso". A Anatel recebeu hoje as propostas de preço mínimo das empresas que vão participar do leilão, marcado para a terça-feira da semana que vem (dia 18). Os lances iniciais das empresas, no entanto, só serão conhecidos no dia do leilão.A Anatel também recebeu hoje das empresas os documentos de habilitação e de regularidade fiscal, que serão analisados pela Comissão de Licitação, nesta semana, para verificar se atendem as exigências do edital. Ramos ressaltou que não houve nenhuma ação na Justiça para tentar interromper o leilão, o que, segundo ele, também é positivo. No total, inscreveram-se para participar do leilão, as empresas TIM, Vivo, Claro, Oi, Brasil Telecom, CTBC, Telemig Celular e Nextel. A grande surpresa foi a participação da Nextel, que hoje presta Serviço Móvel Especializado, que é a comunicação por rádio. A entrada da Nextel pode levar a uma maior competição em áreas de maior concentração urbana, onde ela já opera, como a licença da Região Metropolitana de São Paulo. Nessa área já operam TIM, Vivo e Claro; a Oi também adquiriu no último leilão uma licença para atuar nesses municípios. A tendência é de que as operadoras disputem as licenças onde atualmente já oferecem a telefonia celular. A tecnologia 3G vai ampliar a oferta de serviços e as operadoras vão poder oferecer a conexão em banda larga, o que vai permitir que o celular assuma novas funções, como um computador portátil. Ramos ressaltou que poderá haver ágio em regiões onde há mais concorrentes do que o número de licenças. Para cada uma das 11 áreas definidas pela Anatel serão licitadas quatro licenças. O preço mínimo total das licenças é de R$ 2,8 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.