seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Anatel define metas da telefonia celular de 3ª geração

As empresas que vencerem a licitação das licenças de terceira geração da telefonia celular (3G) terão que cumprir metas de cobertura, como atender, no primeiro ano após a assinatura dos contratos, pelo menos 50% da área urbana das capitais dos Estados, do Distrito Federal e das cidades com mais de 500 mil habitantes. Estas cidades terão cobertura total de 3G já no fim do segundo ano.Pelas regras divulgadas hoje pela Anatel, estas empresas terão também o compromisso, no primeiro ano, de levar o telefone celular a metade dos 2 mil municípios brasileiros com menos de 30 mil habitantes e que ainda não têm o serviço. No caso destes municípios pequenos, as operadoras podem aproveitar a tecnologia que usam atualmente e que é menos moderna que a 3G. A meta é de que, no fim do segundo ano, todos estes dois mil municípios pequenos tenham celular.Até o fim do quarto ano, todos os municípios com mais de 200 mil habitantes terão a tecnologia 3G, sendo que metade da área urbana destas cidades terá que ser atendida já no terceiro ano. E no quinto ano, estarão atendidos todos os municípios acima de 100 mil habitantes e 50% da região urbana dos municípios entre 30 mil e 100 mil habitantes.A terceira geração começará a chegar às cidades pequenas no quinto ano, quando terão que ser atendidos 15% dos municípios com menos de 30 mil habitantes. Ao fim de oito anos, pelo menos 60% destes municípios pequenos terão a nova tecnologia.

GERUSA MARQUES, Agencia Estado

17 de outubro de 2007 | 19h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.