Anatel devolve proposta para banda C à Serranby

Durou menos de uma hora a sessão pública da Comissão de Licitação da Anatel para a devolução da proposta de preço à Serranby Participação S/A, que foi desabilitada a concorrer à licença do Serviço Móvel Pessoal (SMP) na banda C. A Serranby foi a única empresa a entregar envelope para a banda C na apresentação de propostas realizada na última quinta-feira. Na sessão de hoje, o presidente da comissão, Amadeo Castro, declarou mais uma vez "frustrada" a licitação da banda C, que terá novo processo a ser iniciado pela Anatel em "uma data oportuna". Na sessão, estavam presentes representantes da Star Cel, da Blu Cel, Uni Cel, além da Serranby. Eles conferiram as assinaturas do envelope e o representante da Serranby assinou um termo de devolução do envelope, que foi entregue lacrado à proponente. A assessoria de imprensa da Anatel confirmou que os leilões das licenças nas bandas D e E estão confirmados para os dias 20 de fevereiro e 13 de março na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro. Ainda segundo a assessoria, a comissão de licitação continua analisando os documentos de identificação das proponentes que foram entregues à Anatel no último dia 2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.